A União Europeia apoia a desnuclearização da Península da Coreia

A UE declarou hoje o seu apoio aos esforços de pacificação nas Coreias, que considerou um pilar essencial, não só para a paz regional como mundial.

Após o encontro da União Europeia com a Coreia do Sul, que sucedeu a cimeira dos 28 países asiáticos que integram a ASEM (Asian-European Meeting), o bloco europeu reforçou “procurar o progresso das relações inter-coreanas, a desnuclearização e o estabelecimento de um regime pacífico na Península Coreana, vital para a paz e a segurança não só no Nordeste Asiático, mas também a nível mundial”.

A União Europeia subscreveu ao apelo a que a Coreia do Norte desmantele o seu arsenal nuclear, bem como armas de destruição maciça, mísseis balísticos, etc.

Os 28 países presentes sublinharam ainda o apoio aos esforços diplomáticos feitos pela Coreia do Sul, para com a Coreia do Norte.

A Guerra da Coreia (1950-53) terminou com a assinatura de um armistício, que o líder da Coreia do Norte, KimJong-un pretende ver agora substituído por um tratado de paz.

Adaptação da notícia publicada na TSF a 19 de outubro de 2018