Fundação GDA aconselha artistas sobre como aproveitar os fundos europeus

De acordo com a Lusa, a Fundação GDA realizou uma sessão informativa sobre fundos europeus destinados a projetos de artes e cultura, em mais uma edição de “#makethemost – Fundos Europeus para as Artes e Cultura”, na Batalha, Leiria

O projeto da Fundação Gestão dos Direitos dos Artistas, “#makethemost – Fundos Europeus para as Artes e Cultura”, decorreu este ano no Mosteiro da Batalha, no distrito de Leiria, no dia 28 de junho, por meio do festival “Artes à Vila”.

Este projeto teve como objetivo “influenciar a motivação, o conhecimento e a capacidade de detetar oportunidades de financiamento para projetos artísticos e culturais portugueses”, segundo um comunicado de imprensa. Ainda nesse mesmo comunicado, anunciaram que a sessão informativa pretendeu “”motivar artistas e promover junto deles o conhecimento de como aproveitar melhor os fundos europeus para os seus projetos”.

Francisco Cipriano, o mentor da iniciativa e consultor da Fundação GDA para a área dos fundos europeus, citado em nota de imprensa, explicitou que “nestas sessões fala-se, geralmente, dos programas de financiamento disponíveis. Mas também de bons e de maus exemplos – de projetos bem sucedidos e de enormes falhanços. Tudo excelentes exemplos de aprendizagem. Por isso, privilegia-se a apresentação de casos concretos, convidando para isso os seus protagonistas”.

Nesta convenção os participantes foram ainda informados de dois programas comunitários com vertentes vocacionadas para o financiamento de projetos culturais: o Programa Operacional Regional do Centro 2020 e o Programa Europa para os Cidadãos.


Adaptação da notícia do Diário de Notícias a 25 de junho de 2019