Portugal é dos países que mais sofre com o Brexit

Em 2020 e 2021 os efeitos do Brexit serão sentidos na economia portuguesa, podendo ascender até 1150 milhões de euros


© Manuel de Almeida/Lusa

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) alerta para as consequências do Brexit nas economias dos países Europeus e Portugal poderá sofrer mais do que países como a Alemanha, Fraça e Itália.

Segundo o jornal Dinheiro Vivo e as previsões da OCDE, em 2020 e 2021 poderá suceder-se a uma erosão direta do PIB português superior a 1150 milhões de euros, uma situação que tirá um impacto negativo de 0,53%. Comparando com países como a Itália que poderão atingir -0,52% do PIB em dois anos, a Alemanha com -0,49% e a França com -0,46%, o nosso país encontra-se numa situação minimamente preocupante.

Analisando o resto da Europa, os países que mais sofrerão com a separação do Reino Unido da União Europeia serão a Irlanda (redução de 1,46% do PIB), a seguir a Bélgica (-0,9%) e em terceiro a Holanda (-0,88%). Por outro lado, países como a Eslovénia e a Hungria irão ser menos afetadas, ambas perdendo o equivalente a 0,37% do seu PIB nos dois primeiros anos a seguir ao Brexit.

Turismo na sombra

Eduardo Santander, diretor executivo da European Travel Commission, organização internacional responsável pela promoção da Europa como destino turístico, afirma que “uma saída sem acordo vai afetar os fluxos turísticos através das variáveis macroeconómicas, impactos no sentimento dos consumidores e disrupção no setor das viagens”.

Adaptação da notícia publicada no Diário de Notícias a 26 de novembro de 2019