União Europeia aprova verba para inovação das baterias de lítio

3,2 mil milhões que se juntam a cinco mil milhões de investimento privado.

© Ivan Alvarado/Reuters

Na segunda feira, dia 9 de dezembro, foi aprovado o financiamento de pouco mais de 3 mil milhões de euros para que um consórcio de sete países pudesse começar o desenvolvimento de baterias de lítio com maior duração e mais amigas do ambiente.

Um projeto de interesse europeu que envolve Alemanha, Bélgica, Finlândia, França, Itália, Polónia e Suécia que vão investir os 3,2 mil milhões de euros na área da investigação e inovação de prioridades comuns na área das baterias.

Com este financiamento, é esperado pela Comissão Europeia captar mais cinco mil milhões de euros de investimento privado, até 2031. Com 17 participantes de várias áreas, principalmente industrial, é um projeto de desenvolvimento de tecnologias inovadoras e sustentáveis para baterias de iões de lítio que duram mais e têm tempos de carregamento menores. Acresce a isto serem mais seguras e sustentáveis a nível ambiental (quando comparadas às baterias usadas atualmente).

Adaptação da notícia publicada na TSF a 9 de dezembro de 2019