Centro europeu quer “medidas rigorosas” na UE após casos de coronavírus na França

Esta segunda-feira o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças pediu que tomem “medidas rigorosas e oportunas”, para controlar o novo vírus da china, visto que a casos confirmados em França

A China elevou para 80 mortos e mais de 2700 infetados o balanço do coronavírus
© Michal Cizek/AFP

“Os países da UE e do Espaço Económico Europeu devem garantir a aplicação de medidas rigorosas e oportunas de prevenção e controlo de infeções em torno de casos detetados […] afirma assim o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, numa comunicação nas suas redes sociais.

Segundo o organismo da UE, os Estados-membros tomam as seguintes medidas, “ a probabilidade de uma maior disseminação é considerado baixa”

Posto isto, o ECDC manteve na categoria de moderado o risco de contagio do vírus na União Europeia.

Adaptação da notícia de Lusa publicada na TSF a 27 janeiro de 2020