Fim de ano sem festas

O primeiro-ministro António Costa revelou, esta terça-feira, que o Natal de 2020 será diferente e que não haverá festas de Ano Novo. O calendário escolar mantém-se inalterado, sem a antecipação de férias de que se tem falado.

“Não vai poder ser um Natal normal”, afirma primeiro-ministro António Costa.                Foto: MÁRIO CRUZ/LUSA

 

“Vamos todos fazer o esforço para podermos ter o Natal com as melhores condições possíveis, mas logo a seguir, há uma coisa que posso antecipar desde já, é que a passagem do ano vai ter todas as restrições porque aí não pode haver qualquer tipo de tolerância”, avisou.

Ainda assim, a esperança é que haja pelo menos um presente para a população antes de o ano acabar: A Agência Europeia do Medicamento espera pronunciar-se sobre as vacinas da Moderna e da Pfizer até 29 de dezembro.

Adaptação da notícia de AC publicada no Jornal de Notícias  a 01 de dezembro de 2020.